blog do Bem!


Bodas de Ouro de meus pais americanos

Olá Amigos do Bem!

Hoje vou contar uma história de amor, verdadeira. 

Há muitos anos atrás eu deixei o conforto da casa dos meus pais biológicos para ir me aventurar nos Estados Unidos. Como meu inglês era tipo "my book is on the table", uma amiga da minha mãe, a Lali, me recomendou que eu ficasse na casa de um casal para me ambientar antes da "aventura". Ela os conhecia de um exchange program de 20 anos antes, onde eles a tinham recebido. Decidi seguir o conselho dela e escrevi uma carta para o casal. Lembro-me que não existia fax, ou Internet, era carta mesmo, e eram 30 dias entre eu enviá-la e receber resposta.

Quarenta dias depois de ter recebido a carta, embarquei para West Hartford - Connecticut, para ficar 45 dias hospedado na casa deles, até que encontrasse um bom lugar para mim. De Nova York peguei um ônibus para Hartford, uma aventura que durou quase uma manhã. O ônibus parava várias vezes no caminho e a cada cidade, eu ia lá incomodar o motorista para saber se tinha que descer. Após 2.5 horas o motorista me chama e diz: "That's it young man!". Desci no pátio do hotel e telefonei para o sr. Theodore Simon ir me buscar. Esperei uns 25 minutos e lá chegou um senhor, com uma cara de bom, bom é pouco, e põe bom nisto. Ele se aproximou e falou em português perfeito comigo, e contou que tinha vivido 20 anos no Brasil, foi professor no ITA, e que ainda tinha irmãos e mãe por aqui.

No mesmo dia que cheguei, fomos viajar para o aniversário da mãe da Marge, esposa do Ted. Lá conheci muitos familiares, seu filho Eric e sua nora Sandy. Em poucos dias pude adotá-los como meus pais. Vivemos um relacionamento muito intenso naqueles 45 dias. Minha vida ficou marcada pelas palavras e atitudes aprendidas com eles. Depois destes dias me mudei para Chicago e lá fiquei quase seis meses. Decidi ir "mochilar" na Europa e o primeiro país que escolhi ir foi a Noruega, onde a filha do Ted e da Marge vivia, a minha irmã Anita com seu marido norueguês e seus dois filhos. Mais uma vez, constatei o quão forte tinha sido a relação amorosa familiar deles.

Como a vida é feito de exemplos, e os bons procuro seguir, nestes últimos 21 anos procurei construir uma relação familiar espelhando-me no amor, sinceridade e educação vivida naqueles 45 dias. No ano passado tive a felicidade de jantar com todos aqui em São Paulo, para comemorar a passagem de 20 anos desde que nos conhecemos.

Mas, quando adotamos país e irmãos, é para sempre, e parece que o tempo não existe. Conversamos como se tivéssemos nos visto um dia antes, e não vinte anos atrás. Incrível!

Hoje, sábado, o Ted e a Margie estão comemorando Bodas de Ouro na casa do Eric. Sempre valorizei os casais que chegam a este aniversário. No caso deles, hoje é uma consagração de uma longa história que começou em Connecticut em 1953, entre uma enfermeira e um refugiado alemão da 2a Guerra, que depois de refazer sua vida no Brasil, voltou aos Estados Unidos. Esta história continua nos dias de hoje nos Estados Unidos, onde eles decidiram criar seus três filhos, Anita que é brasileira, Eric e Tom que são americanos e lá sempre viveram. Formam uma família linda, que muito amo. Cada um é muito diferente do outro, mas o amor, o respeito ao Ser humano, é comum a todos.

Infelizmente não pude ir fisicamente ao encontro de todos hoje. Mas meus pensamentos estão ligados aos deles, e meu coração amando-os, sempre. 

Ted e Marge, se vocês lerem este blog, quero que saibam que a vida é sempre muito boa comigo, pois além de ter me oferecido pais biológicos legais, me ofereceu a oportunidade de ter pais adotivos como vocês.

Desejo a vocês, seus filhos, seus netos e seus agregados, Tudo, e apenas Tudo, de Bom! Que vocês continuem sendo este casal maravilhoso, com esta linda família, e que a vida continue dando-lhes o Bem.

Amo vocês!

Beijos do seu filho adotado, Marcos

A todos os amigos do Bem deste blog, Sejam Felizes!

Abraços, Marcos Aranha Ü


Publicado às 20h54.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Quando o absurdo se torna algo comum

Quando algo incomum se torna rotina é porque a esperança da mudança fracassou.


Publicado às 17h23.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Viva, a família!

Olá Amigos do Bem!

O que você fez de Bom e Bem esta semana? Consegue se lembrar de agora até sexta feira passada? Com quem esteve? O que ofereceu de Bom a todos? Que Boas palavras disse, quais ouviu? Que diferença esta semana fez na sua vida e na de outros? Dê um tempo, aquiete-se e reflita, afinal, você viveu esta semana.

Hoje acordei inspirado para falar sobre um tema importante, senão urgente, nossas famílias.

"Num ginasio, turma da manhã, a professora termina sua aula e os alunos saem para o intervalo. Duas colegas permanecem na classe e todos os outros vão brincar, comer e conversar. Quinze minutos depois, ao retornarem à classe encontram uma menina toda suja de sangue, e a outra esfaqueada e morta. Aos gritos chamam a professora que entra na classe e pergunta para a aluna o que tinha acontecido e ela disse: -"Ela me mandou e-mails me ofendendo e eu não gostei." Chocada com a frieza da resposta da jovem adolescente ela chama as autoridades policiais que a levam presa. Na delegacia seus pais estarrecidos dizem aos jornalistas que ela era uma garota calma, normal, ótima aluna, que eles não entendiam o que aconteceu. Todos os dias eles saiam cedinho para trabalhar, voltavam à noite, e ela nunca tinha falado nada a respeito disto."

Pergunta: Onde se passou esta situação real ocorrida nesta última terça feira?

a) num colégio público no subúrbio do Rio de Janeiro;

b) num colégio particular de São Paulo;

c) numa escola particular num bairro de classe média alta / alta no Japão.

Pois é, a alternativa "c" é a correta, mas poderia ter sido qualquer uma delas. Enquanto pais sairem para trabalhar acreditando que a escola educará seus filhos, e a escola acreditar que a educação deles se aprenderá em casa, os filhos continuarão a ser educados pelos exemplos com que convivem, e o grupo social e a televisão terão um papel significante nesta formação de valores e personalidade. Infelizmente, este tipo de acontecimento continuará se repetindo nos EUA, Brasil, Japão e onde quer que existam pais e filhos desintegrados, com má comunicação.

Hoje, no Projeto Valorizando a Vida, do colégio onde meus filhos estudam, se discute muito os papeis da Escola, dos Pais e dos filhos na educação, para que justamente deixe de existir esta falsa expectativa de quem deveria estar fazendo o que. Mas o interessante neste grupo é que, apesar de todos os pais dos 900 alunos serem convocados para a troca de experiência, reflexão e educação, apenas uns 150 participam, menos que 10% do total. Muitas coisas já foram tentadas em termos de metodologia presencial e virtual. Muitos pais alegam não terem tempo para participar, enquanto outros fingem que não sabem da existência do projeto. 

Sabemos que o dia tem as mesmas 24 horas para aqueles pais que priorizam seus filhos, ou para aqueles que não. Na verdade é triste ver que a vida está impondo aos pais um rítmo frenético, e compromissos financeiros, que fazem muitos perderem o foco do que realmente é importante na vida e quem estará com você, ao seu lado, no fim da vida. Muitos pais estão mais preocupados consigo mesmos, seus empregos, empresas, sucesso pessoal, social, financeiro, sexual que com suas famílias. Quando estão com seus filhos e conjuges, a prioridade é desfrutar de momentos onde se consumirá lugares e coisas compradas com o fruto de toda a energia despendida durante a semana. Na segunda feira, os pseudo-bons pais contarão aos colegas onde estiveram com suas famílias, mas certamente poderão pouco contar do que viveram, trocaram e aprenderam juntos, pois o foco era outro, o onde, com quem, o quanto.

Hoje, pais querem que seus filhos pensem, sintam e ajam corretamente, mas um ínfima parcela de seu tempo diário é empregado nisto. Educar com amor necessita tempo, dá trabalho, mas é a melhor coisa que um Ser humano pode fazer pelo próximo e por ele mesmo. Ao educar, educa-se a si próprio.

Então, como fazer?

Sei lá! Um bom caminho é Ser família, não apenas Estar família.

Uma dica? Planejar o tempo, nas 18 horas que está desperto, que a sua família será prioridade diária. Se o contato presencial é difícial durante as horas profissionais, use o virtual. Telefone, mande um e-mail, use o messange, icq, torpedos. Diga a eles que você os ama, muito. Demonstre que está trabalhando para também oferecer-lhes uma vida digna, saudável, boa, mas que nem porisso deixa de amá-los e pensar a respeito deles durante sua jornada laboral. Interesse-se por eles, ouça-os, divida sua vida com eles. Demonstre ser confiável, que confiarão, sem temores, em você.

Outra dica? Quando estiver com eles no fim de semana, esteja verdadeiramente com eles, Sendo você e deixando-os Ser eles mesmos! Que adianta ir a um lugar onde pais estão de um lado e filhos de outro, para se encontrarem à noite para dizer que cada um irá fazer um programa diferente. Já notou que quando isto ocorre, já é segunda feira e você voltou a comentar na reunião de trabalho "onde" esteve no fim de semana. Portanto, quando estiver com a família, esteja. Seja! Seja pai, mãe, amigo, companheiro, mestre, aprendiz, um bom ouvinte. Ouça a sua família, eles não vivem no mesmo mundo que você. Interesse-se genuinamente por eles. Lembre-se, no fim de sua vida, só eles continuarão a seu lado, se você souber criar uma boa relação com eles agora.

Mais uma dica? Bom, a última: viva a vida com todo o respeito e gratidão por aqueles que verdadeiramente o amam, sua família. Viva, a família!

Seja Feliz! Todos os Seres merecem ser felizes!

Abraços, Bom fim de semana em família, Seja presencial ou virtualmente!

Marcos Aranha Ü

p.s.- recebi mais e-mails me perguntando o que é este "u" com trema depois do meu nome, Ü. São dois olhos e uma boca sorrindo, para lembrar que somos Felizes aqui e agora, sempre.


Publicado às 23h43.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Olá Amigos do Bem!

Pois é, aqui estamos, ainda sem todo aquele dinheiro! Como tinha dito, a vida de Santo é tão dura que para não cometer injustiças com o João e as velhinhas, a mega sena continua acumulada. Assim as velhinhas terão motivos para discutir um pouco mais, e nós mais três dias para continuarmos sonhando e planejando o que vamos fazer com o dinheiro, 37 M!

Enquanto sorteavam os números estávamos no cinema assistindo "O dia depois de amanhã". Não vou julgá-lo pois gosto não se discute. Todos os clichês hollywoodianos estão lá, super produção, mas recheados por um protesto contra o atual governo americano. Tem cenas hilárias como o governo americano pedindo perdão ao "terceiro mundo" e cancelando a dívida em troca da hospitalidade em "recebê-los". Uma coisa é certa, Deus é brasileiro, e aqui é, e será, o melhor lugar para se viver, até o dia depois de amanhã.

A vida é para ser vivida. É preciso vivê-la com humildade para aprendermos até aquilo que já sabemos. Estamos publicando hoje quatro lições aprendidas por pessoas que tiveram uma atitude diferente na vida.

Tudo de Bom! Seja Feliz como eu!

Abraços, Marcos Aranha Ü

PRIMEIRA LIÇÃO

Durante meu segundo mês na escola de enfermagem, nosso professor nos deu um questionário. Eu era bom aluno e respondi rápido todas as questões até chegar a última que era: "Qual o primeiro nome da mulher que faz a limpeza da escola?"
Sinceramente, isso parecia uma piada. Eu já tinha visto a tal mulher várias vezes. Ela era alta, cabelo escuro,lá pelos seus 50 anos, mas como eu ia saber o primeiro nome dela? Eu entreguei meu teste deixando essa questão em branco e um pouco antes da aula terminar, um aluno perguntou se a última pergunta do teste ia contar na nota.
 "É claro!", respondeu o professor. "Na sua carreira, você encontrará muitas pessoas. Todas têm seu grau de importância. Elas merecem sua atenção mesmo que seja com um simples sorriso ou um simples "alô".
Eu nunca mais esqueci essa lição e também acabei aprendendo que o primeiro nome dela era Dorothy.


SEGUNDA LIÇÃO

Na chuva, numa noite, estava uma senhora negra, americana, do lado de uma estrada no estado do Alabama enfrentando um tremendo temporal. O carro  dela tinha enguiçado e ela precisava,desesperadamente, de uma carona. Completamente molhada, ela começou a acenar para os carros que passavam.
Um jovem branco, parecendo que não tinha conhecimento dos acontecimentos e conflitos dos anos 60, parou para ajudá-la. O rapaz a colocou em um lugar protegido, procurou ajuda mecânica e chamou um táxi para ela.
Ela parecia estar realmente com muita pressa mas conseguiu anotar o endereço dele e agradecê-lo. Sete dias se passaram quando bateram à porta da casa do rapaz. Para a surpresa dele, uma enorme TV colorida estava sendo entregue na casa dele com um bilhete junto que dizia:
 "Muito obrigada por me ajudar na estrada naquela noite. A chuva não só tinha encharcado minhas roupas como também meu
 espírito. Aí, você apareceu. Por sua causa eu consegui chegar ao leito de morte do meu marido antes que ele falecesse. Deus o abençoe por ter me ajudado. Sinceramente, Mrs. Nat King Cole"


TERCEIRA LIÇÃO

Sempre se lembre daqueles que te serviram. Numa época em que um sorvete custava muito menos do que hoje, um menino de 10
 anos entrou na lanchonete de um hotel e sentou- se a uma mesa. Uma garçonete colocou um copo de água na frente dele.
 "Quanto custa um sundae?" ele perguntou. "50 centavos" - respondeu a garçonete. O menino puxou as moedas do bolso e  começou a contá-las.
 - "Bem, quanto custa o sorvete simples?" ele perguntou.
 A essa altura, mais pessoas estavam esperando por uma mesa e a garçonete perdendo a paciência. - "35 centavos" - respondeu ela, de maneira brusca.
O menino, mais uma vez, contou as moedas e disse: - "Eu vou querer, então, o sorvete simples".
 A garçonete trouxe o sorvete simples, a conta, colocou na mesa e saiu. O menino acabou o sorvete, pagou a conta no caixa e
saiu.
Quando a garçonete voltou, ela começou a chorar a medida que ia limpando a mesa pois ali, do lado do prato, tinham 15
 centavos em moedas - ou seja, o menino não pediu o sundae porque ele queria que sobrasse a gorjeta da garçonete.

QUARTA LIÇÃO

O obstáculo no nosso caminho. Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Então, ele
 se escondeu e ficou observando para ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali. De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali.
 Após muita força e suor, ele finalmente conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele, então, voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho.
 O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendeu: "Todo obstáculo contém uma oportunidade para
 melhorarmos nossa condição".
A atitude é muito importante.

Publicado às 23h18.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Teste sua adaptabilidade

Olá Amigos do Bem!

Hoje é o grande dia para quem fez uma fézinha na mega sena! Cruzem os dedos, façam seus pedidos a Todos os Santos, Deuses, Deusas e comecem a torcer e sonhar. Boa sorte a todos! Nós merecemos ela e muito mais!

Faça o teste abaixo enviado de Miami pela amiga do Bem, Francesca Cavalcanti, e descubra se você está adaptado ao século 21.

Abraços, Marcos Aranha Ü

Teste de verificação de adaptabilidade ao século 21

1. Você tem facilidade para memorizar mais de 10 senhas?

2. Você aprendeu a jogar paciência sem cartas de verdade?

3. Você usa o e-mail para perguntar ao seu colega de trabalho se ele quer ir almoçar?

4. Você tem mais de dois números de telefones para guardar para cada pessoa da sua família?

5. Você deixou de falar com alguns amigos porque eles mudaram o endereço de e-mail?

6. Você colocou sua última carta de amor no correio há mais de dois anos?

7. Você não se lembra qual era a cor da capa da sua última agenda de papel?

8. Você já conhecia pela Internet a piada quentíssima que seu amigo está fazendo todo mundo rir na festa?

9. Você não sabe responder "de onde" você é quando está desempregado e a secretária do amigo atende?

10. Você disca "zero" para pegar linha quando está em casa? 

11. Quando seu celular não toca você disca para alguém para saber se ele realmente está funcionando?

12. Você, mulher, recebeu e-mails com estes títulos: "Enlarge your penis", "Perca 3 kg dormindo", "E-mail marketing - 40 milhões de nomes pelo preço mais baixo"?

13. Quando seu computador morre você pensa que também um pedaço de você está morrendo?

14. Você já esqueceu muitos telefones de amigas porque sabe que eles estão na memória do celular?

Você já está quase adaptado se riu ao menos 10 vezes ao ler este teste, e estará completamente adaptado se encaminhar esta página para alguém.


Publicado às 23h31.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Já ganhei!

Olá Amigos do Bem!

Você fez o exercício proposto ontem? Não? Faça hoje e me conte no sábado. É importante, para você, não para mim que já conheço e pratico. Experimenta!

Já ganhei!

Ontem João foi, como milhões de brasileiros, tentar ganhar dinheiro fácil, investindo R$ 1,50 para ter um retorno de R$ 33.000.000,00. Bom né?

O engraçado foi que no lugar que onde apostou tinham cinco pessoas na frente dele. Dois homens e três senhoras com mais de 70 anos. A máquina teve um probleminha e as pessoas da fila começaram a conversar.

O brasileiro é um povo maravilhoso. Em poucos segundos, pareciam íntimos. As senhoras comentaram que tinham feito um pedido para Santo Expedito que é o Santo das causas urgentes e para Santa Rita de Cássia que é a Santa da causas impossíveis. João contou que até o Abílio Diniz conta no livro dele que é devoto de Santa Rita de Cássia. Se ela ajuda ele a ficar mais rico, porque haveria de negar ajuda a nós?

João perguntou a elas se todas estavam jogando num só jogo, ao que responderam imediatamente, quase juntas: -não, cada uma jogou um.

João começou a rir por dentro, resolveu brincar, e perguntou: -Por quê as senhoras não unem as forças para pedir aos Santos? No lugar deles terem que ajudar uma e deixar duas insatisfeitas, se vocês pedirem juntas e jogarem juntas, Eles terão que atender a um só pedido, e as três ganharão. Deu um tilte na cabeça das fieis velhinhas.

Os outros dois senhores começaram a rir pois as três começaram a discutir suas fés. Logo a mais nova disse que a Ruth, a mais gordinha, era a que tinha mais prestígio no céu, pois sempre tinha seus pedidos atendidos.

Pois é, disse João, tá vendo? Então dona Ruth, a senhora que tem reputação com os Santos deveria escolher os números e fazer uma reza brava com o apoio de suas amigas, assim, acho até que vou desistir de jogar meus números e rezar com as senhoras. Posso ser sócio? perguntou João.

Atrás dele tinha um rapaz negro com roupa molhada de motoboy, que virou a cabeça para não rir da história. Uma delas percebeu algo no ar e começou a rir de João e disse: meu filho, por um momento achei que você estava falando sério.

E eu disse sério, mas não estou brincando não, respondeu João e seguiu: ponha-se no lugar dos Santos. Olha só esta fila. Agora já somos dez pessoas, todas pedindo egoisticamente para ganhar sozinho na mega sena. Quem a senhora acha que eles vão atender? Vida de Santo é dura. Imagina só, um feliz agradecendo e nove xingando por ele não ter atendido.

Pera lá, disse um senhor grisalho. Eu sou evangélico, não acredito nesta história de santos. Peço é para Jesus.

Pois é disse João, faço o mesmo, mas acontece que Jesus anda tão ocupado últimamente que a gente pede para os Santos furarem a fila de pedidos e conseguirem as coisas diretamente com ele. - Nada disto. Isto é falta de fé do senhor, disse sério o grisalho.

Hum, João já começou a ficar preocupado pois a brincadeira com as velhinhas estava virando uma coisa nada ecumênica e mandou uma para terminar o papo: bom, o melhor mesmo é cada um fazer sua fézinha e torcer para seu protetor ajudar.

Pra que ele foi falar isto. Não é que o motoboy pergunta se ele era filho de Xangô! Não sei não respondeu, só sei que meu pai chama Luiz Carlos.

Não dotô, tô falano no Xangô, o orixá. - Sei lá, se você tá falando, devo ser. Então dotô, faz uma oferenda pra ele, Xangô é o orixá da justiça, se o dotô é justo, vai ser fácil. 

Olha aqui, qual é seu nome, perguntou. Wanderson! Olha aqui Wanderson, se oferendas fossem trazer para nós tudo que queremos, o campeonato baiano terminava em empate. Jamais teria campeão lá naquela terra, pois o que não falta lá é torcedor de times inimigos pedindo a vitória para o mesmíssimo orixá. O rapaz ficou bravo e o chamou de ignorante. João viu que o clima estava esquentando e nada da máquina voltar a funcionar.

É excesso de apostas, não temos previsão de quando vai voltar, disse a moça do caixa.

Não é que a dona Ruth vira e diz para não zombar do rapaz. Ela veio contar que conhece uma benzedeira que cura até velho que não funciona mais. João achou meio de mal gosto o comentário dela mas perguntou: e daí, o que a senhora está propondo, que eu abandone Santo Expedito, Santa Rita de Cássia e reze pra Xangô? -Nada disto, só disse isto para o senhor também pedir para Xangô.

Vira o senhor grisalho e diz: meu filho, reze para Jesus, posso levá-lo lá na catedral da fé, Deus é Senhor!

Olha pessoal, eu quero agradecer a todos vocês por toda esta ajuda celestial que estão me oferecendo. Já que a máquina não está funcionando, eu vou dar uma voltinha no shopping e volto já, já. Mas como agora eu fiquei em dúvida, posso pedir uma coisa a todos? perguntou João.

 -Depende, disse o motoboy. -Sim, disseram as velhinhas. -Claro, falou o grisalho.

Eu entrei aqui cheio de fé, crente que a grana estava no papo, que meus caminhos estão abertos para a vitória certa nestes números que jogo há 14 anos sem jamais acertar antes. Mas agora estou indeciso. Não é justo. Vocês não podiam ter feito isto comigo! Posso confiar em vocês, todos vão pedir por mim? perguntou João.

Adivinhem o fim da história!

Até faixa de agradecimento ao Santo Expedito João já fez orçamento. Só falta saber quanto o pai de santo vai cobrar pela oferenda a Xangô pois uma coisa é certa, lá na catedral da fé ele sabe que vão levar apenas 10%.

Bem, desta vez, depois de todas estas ajudas, sinto lhes dizer, mas já ganhei! afirmou João.

Querem saber os números que ele jogou? 02 03 06 16 17 e 23.

Depois não reclamem que não dei chance de dividir estes milhões com vocês!

Abraços,

Seja Feliz! Todos os Seres merecem ser felizes!

Marcos Aranha Ü

Nota de esclarecimento: nenhum dos Santos, orixá ou deuses aqui citados se responsabilizará pelos pedidos deste blog. O blog do Bem não recomenda nenhum tipo de jogo de azar, nem se responsabiliza pelo prejuízo em caso de nenhum acerto. Agora, se ganhar com estes números, me dê alguma grana que vou adorar!


Publicado às 02h25.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Valorizemos o que já temos

Olá Amigos do Bem!

Hoje é início de semana fica aqui uma dica de um exercício: sente-se, feche os olhos, aquiete-se e visualize como você gostaria de estar no próximo sábado. Sinta como estará seu corpo, seu estado de espírito, sua motivação, sua felicidade! Projete seu futuro! No sábado você conta o que se passou esta semana.

Estamos publicando um texto do Olavo Bilac enviado pela amiga do Bem, Neiva Marossi, que é uma boa reflexão para iniciarmos a semana.

Boa semana! Seja Feliz!

Abraços, Marcos Aranha Ü

Um dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece.  Poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso, disse o homem. Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha.

Moral da história: As vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.


Publicado às 06h32.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004