blog do Bem!


Para o melhor amigo, o melhor pedaço.

Olá Amigos do Bem!

Em fevereiro começamos esta jornada do blog do Bem sem nenhuma ambição, nem pretenção de "marketing de responsabilidade social", mas apenas o desafio de agregar gente do Bem em torno de um lugar virtual. Mas, felizmente, parece que tem muita gente interessada em fazer o bem a outras, e já beneficiamos alguns Seres com idéias, palavras, ajuda, atos e doações de alguns amigos deste site. Muito Bem! Estamos vencendo!

Conseguimos beneficiar algumas pessoas que receberam dos leitores bens, materiais e "humanos": educação, livros, assistência médica, artística, alimentos, roupas, jogos infantis, oportunidades de empregos, computador, impressora, transporte, tinta + material de construção, dinheiro, amor e carinho, e principalmente, respeito e solidariedade.
Obrigado a todos que participaram. Estou certo que continuarão ajudando e quem ainda não participou, pode começar, se assim quiser. O pouco para uns é o muito para outros. Aquilo que era lixo para uns, foi a oportunidade de mudança para outros.
 
Deixo aqui uma mensagem de um jovem que foi beneficiado com uma indicação para um emprego num cargo de auxiliar administrativo de uma multinacional e algumas roupas semi-novas para ele ir à entrevista:
"Marcos, peço que diga a quem me ajudou e nem me conheceu que ele possibilitou muita coisa para mim e minha família. A partir de hoje, uma nova vida é realidade para mim e posso sonhar com um futuro melhor. Sem esta pessoa, eu não chegaria até este emprego, e eu continuaria vivendo onde meus velhos sempre viveram, aqui na favela. Sou sincero que não tinha fé nas palavras de um site, desculpe se não confiei, mas realmente existe gente boa que nem podemos imaginar. Sinto vergonha de ter achado que todo mundo é egoísta. Obrigado, obrigado e obrigado. Vou retribuir a todos sendo alguém melhor. Marcos, aprendi a respeitar todos nem sei quem são. Coisas simples como esta idéia poderão ajudar muitos outros e espero que não desista." 
 
Poderia citar vários exemplos mas prefiro compartilhar com vocês o sentimento de que este lugar veio para ficar e precisaremos, cada vez mais, da colaboração de vocês. Esta corrente do Bem pode crescer muito, dependerá de vocês divulgarem e participarem como quiserem e puderem. Continuarei fazendo a minha parte, e deixo vocês decidirem sobre as suas.
 
Deixo aqui uma história verdadeira de um jornalista anônimo que aprendeu algumas coisas durante uma reportagem, antes destes dias onde covardes matam pessoas indefesas na calada da noite, usando métodos bárbaros de matança de animais em velhos matadouros.
 

Serapião era um velho mendigo que perambulava pelas ruas da cidade. Ao seu lado, o fiel escudeiro, um vira-lata que atendia pelo nome de Malhado.

Serapião não pedia dinheiro. Aceitava sempre um pão, uma banana, um pedaço de bolo ou um almoço feito com sobras de comida dos mais abastados. Quando suas roupas estavam imprestáveis, logo era socorrido por alguma alma caridosa. Mudava a apresentação e era alvo de brincadeiras. Serapião era conhecido como um homem bom, que perdera a razão, a família, os amigos e até a identidade.

Não bebia bebida alcoólica, estava sempre tranqüilo, mesmo quando não havia recebido nem um pouco de comida. Dizia sempre que Deus lhe daria um pouco na hora certa e, sempre na hora que Deus determinava, alguém lhe estendia uma porção de alimentos.

Serapião agradecia com reverência e rogava a Deus pela pessoa que o ajudava.

Tudo que ganhava, dava primeiro para o Malhado que, paciente, comia e ficava a esperar por mais um pouco. Não tinha onde dormir; onde anoiteciam, lá dormiam. Quando chovia, procuravam abrigo embaixo da ponte e, ali o mendigo ficava a meditar, com um olhar perdido no horizonte.

Aquela figura me deixava sempre pensativo, pois eu não entendia aquela vida vegetativa, sem progresso, sem esperança e sem um futuro promissor.

Certo dia, com a desculpa de lhe oferecer umas bananas fui bater um papo com o velho Serapião.

Iniciei a conversa falando do Malhado, perguntei pela idade dele, o que Serapião, não sabia. Dizia não ter idéia, pois se encontraram um certo dia quando ambos andavam pelas ruas e falou:

 - Nossa amizade começou com um pedaço de pão, ele parecia estar faminto e eu lhe ofereci um pouco do meu almoço e ele agradeceu, abanando o rabo, e daí, não me largou mais. Ele me ajuda muito e eu retribuo essa ajuda sempre que posso.

Curioso perguntei:

- Como vocês se ajudam?

- Ele me vigia quando estou dormindo; ninguém pode chegar perto que ele late e ataca. Também quando ele dorme, eu fico vigiando para que outro cachorro não o incomode.

Continuando a conversa, perguntei:

- Serapião, você tem algum desejo na vida?

- Sim, respondeu ele - tenho vontade de comer um cachorro quente, daqueles que a Zezé vende ali na esquina.

- Só isso? Indaguei.

- É, no momento é só isso que eu desejo.

- Pois bem, vou satisfazer agora esse grande desejo.

Saí e comprei um cachorro quente para o mendigo. Voltei e lhe entreguei. Ele arregalou os olhos, deu um sorriso, agradeceu a dádiva e em seguida tirou a salsicha, deu para o Malhado, e comeu o pão com os temperos.

Não entendi aquele gesto do mendigo, pois imaginava ser a salsicha o melhor pedaço, não contive e perguntei intrigado:

- Por que você deu para o Malhado, logo a salsicha?

Ele com a boca cheia respondeu:

- Para o melhor amigo, o melhor pedaço!

E continuou comendo, alegre e satisfeito.

Despedi-me do Serapião, passei a mão na cabeça do Malhado e sai pensando. Aprendi como é bom ter amigos. Pessoas em que possamos confiar. Por outro lado, é bom ser amigo de alguém e ter a satisfação de ser reconhecido como tal.

Jamais esquecerei a sabedoria daquele mendigo:

 "PARA O MELHOR AMIGO O MELHOR PEDAÇO" 

Bom fim de semana!
Seja Feliz! Abraços,
 
Marcos Aranha ü

Publicado às 23h28.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Dicas para você

p.s: o canal GNT exibiu hoje e irá exibir outros dias um documentário sensacional "Promessas de um novo mundo" sobre os conflitos em Israel sob os pontos de vistas de crianças judias e palestinas. O jornalista acompanhou estas crianças por cinco anos de suas vidas. Há esperanças de um mundo melhor. Impossível ficar com os olhos secos.  

  • sexta - dia 27 às 03h30, 06h30 e 16h30
  • domingo - dia 29 às 20h00
  • segunda - dia 30 às 01h00

p.s2 : para quem curte estudar, o MIT está oferecendo uma oportunidade ótima via o MIT OpenCourseWare http://ocw.mit.edu/index.html . Tem algumas partes do site já em português. Aproveitem para atualizar seus conhecimentos.

p.s3: para os ex-alunos da FGV-EAESP haverá a Festa de 50 anos dia 10 de setembro. Mais informações no site http://www.fgvsp.br/50anos


Publicado às 22h34.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


É hora do budget, é hora tão feliz...

Olá Amigos do Bem!

Neste momento do ano muitas empresas estão vivendo, ou começando a viver, o momento de fazer o Planejamento de 2005 e o budget do ano. Alguns profissionais nos pedem ajuda, algumas empresas também.

Ouço muitos profissionais reclamando de terem que parar suas atividades cotidianas para se dedicarem a isto. A pouco, recebi uma ligação de um Vice Presidente de um banco. Ele estava p.da vida com os objetivos de lucros estabelecidos pelo conselho, baseado em suposições e pouca realidade. 

Fatos como este, fazem alguns profissionais sentirem que o planejamento e budget são mais uma formalidade do que uma boa ferramenta de gestão. Seja pelas politicagens internas ou constantes mudanças no mercado, no país e no mundo, o trabalho dedicado ao plano e budget não deveria ser invalidado. 
Eu entendo a pressão de quem sofre no dia-a-dia, mas tendo a ver este sentimento e pensamento de maneira diferente, e aqui deixo um ponto de vista que acredito tanto no pessoal como no profissional: planejar é muito preciso. Neste assunto, o ideal é dificil de se atingir pois nem tudo está disponível, daí o bom senso para escolher a melhor opção de acordo com as possibilidades apresentadas.

O inferno está cheio de gente bem intencionada que não soube planejar os recursos necessários para chegar a seus objetivos.

Mas vamos lá, que tal começar pela própria palavra que já nos diz muito sobre este ato de planejar e fazer um budget. 

Em inglês: Budgetbud + get = conseguir que germine, conseguir que floresça.
Em espanhol: Presupuesto: prever, supor o futuro antecipadamente.
Em português: Orçamento: (do latim) calcular, raciocinar, pensar.

Portanto, quando encaramos o planejamento e o budget como um momento importante de nossas vidas onde nos dispomos a sonhar com um futuro melhor, a planejar como desejamos construí-lo, a estimar quanto - quando - onde - quem irá participar desta jornada, a missão de fazê-lo torna-se mais prazerosa, eficiente e eficaz.

O plano e o budget não serão nunca um trilho de trem que engessará a vida, mas caminhos para se chegar ao destino. Pensar nas alternativas, escolher a melhor, ter poder de síntese para ter claro as razões da escolha, ter um foco claro e objetivo, são alguns dos benefícios de planejarmos e fazermos um budget.

Quando voamos, por exemplo, antes de decolar devemos planejar bem - quem somos (tipo e características de aeronave que estamos voando) - onde estamos (nosso local de decolagem e tudo que diz respeito a seu entorno) - para onde vamos (onde queremos chegar e tudo o que diz respeito a estar lá) - como vamos chegar lá (todas as rotas possíveis e a escolhida - com a previsão de todos os recursos necessários em caso de sucesso ou emergência).
Devemos fazer um plano definido com um budget detalhado, pois quando estamos lá em cima voando, pouco tempo de vida teremos para fazer o que não fizemos em terra. Errou o plano, errou o budget, paga-se com a própria vida.

Portanto, como a situação empresarial não é de se pagar com a própria vida (talvez com o emprego), aproveite este momento para sonhar, criar, planejar e definir detalhadamente todos os recursos que serão necessários para concretizar suas idéias - recursos humanos + materiais + tempo + financeiros. Curta este momentos, e faça-os com sua equipe, toda empresa, pois assim o comprometimento, responsabilidades e o foco, serão claros para todos.

Em nosso trabalho de consultoria, contribuímos com as empresas para que elas façam deste momento uma oportunidade de unir seus colaboradores, parceiros, fornecedores, gerar novas idéias de receitas - redução de gastos, estabelecer compromissos e responsabilidades conjuntas e focar no que tem de ser feito, por quem, em qual tempo, por que valor, etc. One Team - One Voice.

Divirtam-se: "É hora do budget, é hora tão feliz!

Abraços,

Marcos Aranha ü

 


Publicado às 09h54.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Cadê você?

Olá Amigos do Bem!

Estou lendo o livro que ganhei do autor Henrique Lima - "O corpo - Modelo Homo Sapiens 2003 DC - Manual do Proprietário"  ( http://www.academianatural.com.br/ocorpo.htm ) e num capítulo tem uma informação interessante para aqueles que dizem que não mudam, que são assim, sempre foram assim, e continuarão sendo.

Para estas pessoas, fica uma reflexão interessante: do ponto de vista biológico, ninguém é mais o mesmo, a cada 6 meses de vida. Nos renovamos celularmente, totalmente, duas vezes por ano. Portanto, pergunte-se "Cadê eu?" e descubra que aquele que você acha que é, já não existe faz algum tempo. As células mudam, mas por quê pensamos que permanecemos iguais?

Somos perfeitos, nos resta termos consciência disto. Se por fora fica difícil notarmos, conheça-se um pouquinho por dentro. 

O milagre da renovação (pag.38)

Tudo começa numa simples célula, que fertilizada, transforma-se num complexo organismo de aproximadamente 100 trilhões de células, das quais 90% são renovadas constantemente, algumas vivendo apenas 1,5 dia.

  • estômago e intestino: trocadas a cada 3 dias
  • sangue: plaquetas= 10 dias, glóbulos brancos = 15 dias, vermelhos = 120 dias
  • gengivas: 15 dias
  • fígado: 150 dias
  • cérebro: possui 25 bilhões de neurônios e pesa 1,4 quilos
  • coração: pesa 250 gramas e consegue bombear 5 litros de sangue em apenas 1 minuto, quando estamos em descanso. E dessa forma, em descanso, bate cerca de 110.000 vezes ao dia (imagine qualquer outro musculo do seu corpo repetindo um movimento este número de vezes por dia. Imaginou? Não dá né?)
  • pulmão: a cada respiração inalamos aproximadamente 1 litro de ar. São 12 respirações por minuto em descanso e 17.000 litros que trocamos de ar por dia
  • pele: mede cerca de 2 metros quadrados e pesa cerca de 3 quilos. A impressão digital se forma no útero. São 2.000.000 de células sudoríparas responsáveis pela irrigação e desintoxicação do corpo. A maior concentração está nas mãos - 370 por centímetro quadrado. No frio, o fluxo sangüíneo na pele é de 0,5 litro por minuto; no calor, 3 litros por minuto, para refrescar.
  • sistema reprodutivo: o homem produz 8.000.000.000.000 (trilhões) de espermatozóides durante a vida e a cada ejaculação são liberados de 250 a 500.000. A mulher nasce com 400.000 óvulos e só 500 vão maturar. Os que nào forem fertilizados serão eliminaos pela menstruação.
  • as veias: são 97.000 quilômetros de veias, artérias, vasos e capilares. Cerca de 5 voltas em torno da Terra.
  • tubo digestivo: da boca ao ânus, aproximadamente de 7 a 10 metros. O alimento leva cerca de 4 a 8 segundos para chegar ao estômago.
  • fígado: produz 0,5 litro de bílis ao dia
  • rins: precisam de 50 minutos para filtrar todo o sangue. São 180 litros de sangue limpo diariamente e 1,5 litros de urina liberada.

Entenderam em que maravilha nós vivemos? Como você tem tratado este corpo? Vai continuar pensando que você é assim e nada muda?

Seja Feliz!

Abraços,

Marcos Aranha ü


Publicado às 21h55.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


O Poder Interior

Olá Amigos do Bem!

Voltar a escrever o blog hoje, neste período pessoal conturbado, é desafiante.

Como o assunto do momento é Olimpíadas, vamos também deixar aqui algo para começarmos nosso 2o semestre com medalha de ouro.

A revista Veja publicou esta semana um artigo muito interessante e superficial sobre "Poder interior". Digo isto pois a revista pecou pela intelectualidade dos jornalistas, deixando de lado, entre outras coisas importantes, algo que também colabora muito para o auto-conhecimento, o equilíbrio e o Poder Interior, o esporte

Como eles lá citaram os Budistas, também cito aqui. Budha disse que existe a Mente e a materialização / densificação dela, o Corpo (sim, Mente. Espírito, alma, etc não são palavras usadas por Budistas). Portanto, em cada célula do Corpo, dizia Budha, encontra-se uma oportunidade para nos conhecermos e nos libertarmos de velhos padrões da Mente. O caminho escolhido por Gautama, foi libertar-se através das sensações corporais. Ele sentou-se abaixo de uma árvore, e lá permaneceu até controlar todas as sensações que tinham origem no Corpo ou na Mente, aceitou o caos e se iluminou, virando um Budha. A Meditação sentada, foi o caminho do auto-conhecimento dele, que também reconhecia que meditar pode dar-se em várias situações, caminhando ou correndo, por exemplo.

O que sugiro aqui é a reflexão de que o esporte praticado com entrega, consciência, presença total, baseado em atitudes, virtudes, valores universais, pode nos oferecer muitas chaves para nosso equilíbrio e Poder Interior.

Quem me conhece sabe que a meditação e o esporte fazem parte de minha vida. Numa destas congelantes noites de julho (pegamos 8 abaixo), eu estava lá no sítio conversando na cama com meus filhos e eles me perguntaram quantos esportes eu já havia feito na vida. Perdemos a conta depois de gostosas horas de papo. Já fiz muitos esportes: na água, na terra, no ar, experimentando o corpo em movimento em todos estes fluídos. Já desafiei os limites da mente e do corpo em muitos deles, e desfrutei da sensação de bem-estar físico e mental em todos. Em alguns me sagrei campeão, e conheci o fracasso da derrota em outros, porém sempre aprendendo algo, sempre me auto-conhecendo mais um pouco neles. Enfim, o que ficou disto tudo para mim?

- A certeza que o esporte colabora para o Poder Interior. Ele pode ser a meditação para o Ocidental, sempre que ele estiver vivendo a plenitude do momento, sem pensar no passado, apenas estando consciente 100% no presente, dando tudo do que tem para dar.
- Fazemos amigos, muitos amigos. Gente que eu encontro depois de anos e anos sem ver, e nos falamos como se tivesse sido há cinco minutos atrás. O elo de união nunca se perde. A confiança e amizade construída ao redor do esporte possibilita isto, a união por um objetivo comum, mesmo quando as diferenças são grandes e competimos uns contra outros.
- Disciplina e firmeza. O esporte nos educa para a vida, e para outras atividades. Todas as facetas que temos que enfrentar no esporte está presente no dia-a-dia da vida corporativa também.
- Controle emocional, mental e físico. Quando decidimos atingir objetivos nos esportes, desenvolvemos a capacidade de focar, ultrapassar barreiras para atingir os objetivos importantes, aprendemos a enfrentar nosso maior inimigo, nós mesmos. Sim, nosso maior inimigo está dentro de nós, não fora.
- Competir, colaborar, cooperar e compartilhar. Nisto, o esporte é um laboratório para o mundo. Egoísmo e altruísmo aprendemos na pele a diferença entre os dois.
- Auto-conhecimento, auto-confiança, auto-compromisso e Poder Interior. Pena que o Barrichello ainda não sacou isto e continua culpando a equipe, o carro, e o mundo... enquanto o Schummy já tem claro que tudo começa e termina dentro, e não fora.

- Aprendi que só nós podemos cuidar do nosso corpo e da nossa mente, e assim fazendo, ganhar Poder Interior. Ninguém pode comer por nós, suar por nós, sentir por nós, pensar por nós, vencer por nós, perder por nós, meditar por nós, viver por nós. 

- Aprendi que um dia, uma marca soube resumir tudo isto que eu vivi no esporte num simples slogan: Just do it! (isto não é merchandising, é reconhecer que o Poder Interior, é um reflexo do que vivemos).

Siga as 7 dicas da revista (vida familiar, meditação, boas causas, espiritualidade, leitura por prazer, passatempos e senso estético), mas considere também o esporte em sua vida.

Deixo aqui um forte abraço, Seja Feliz!

Marcos Aranha ü


Publicado às 17h23.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004