blog do Bem!


A 1a vez da Ines

Olá Amigos do Bem!
 
Está pensando que vou contar como a Ines perdeu a virgindade?
Não é nada disto.
 
A Juranes, ou melhor, a Ines, é nossa assessora especial para assuntos domésticos, conhecida antigamente por empregada doméstica.
Ela é mais do que isto para nós. É uma pessoa do Bem! Uma pessoa da família.
 
Me lembro quando fui contratá-la há três anos. Ela tinha 32 anos, baixinha, tímida e uma lutadora como tantas outras que sairam da Bahia.
Quando perguntei a ela o que sabia fazer, ela disse que sabia cozinhar, lavar, passar. Disse que era ordeira na arrumação, que não gostava de correria e gostava de lugar calmo.
Para um cara que estava solteiro naquela época, parecia que um anjo baiano tinha enviado ela para cuidar de mim.
 
Ela me perguntou se poderia morar no emprego pois não tinha casa para morar, o que achei bom, pois ainda viajava muito naquela época e teria alguém para cuidar de casa.
Quando a entrevista terminou, já tínhamos acertado o salário e todos os detalhes de tudo o que precisaria dela (job description), ela disse que tinha que contar um defeito dela e que isto poderia me fazer voltar atrás.
Pronto, pensei eu, não era tão perfeita assim. E fui logo perguntando: qual é o seu defeito Juranes?
 
Eu sou vegetariana, não gosto nem de tocar em carne. Se tiver que cozinhar carne para o senhor, não vou poder ficar. Sorte sua Juranes, também não como carne, respondi.
Desde então, ela passou a ser da família. Todos gostamos muito dela e espero que um dia possamos ajudá-la a realizar o sonho de ter sua casa própria.
 
Mas vamos ao post de hoje. Minha mulher descobriu que ela tinha alguns sonhos não realizados, ir ao cinema e comer no McDonald's, era o que ela desejava de Natal.
 
Saímos de casa meio dia e meia e fomos ao Market Place, Ines, minha mulher, meus filhos e eu.
Ao chegar ela disse que estava tão ansiosa que não queria comer mais no Mc e pediu se poderia realizar esta parte do sonho outro dia, e que iria aceitar só a pipoca do cinema.
Antes de entrar perguntei a ela: Ines, como você imagina que é um cinema?
 
Ah seu Marcos, eu já vi um cinema quando passou o filme Pânico na TV. Vi que é um lugar escuro, tem uma tela grande e fica todo mundo sentado comendo pipoca.
E lá fomos nós assistir ao filme Expresso Polar, dublado, para que ela pudesse acompanhar.
 
 
Ver a cara dela foi melhor que o filme. Antes de começar ela observou cada detalhe. O trailler ela pensava que já era o filme. Ficou meio nervosa tentando ler os letreiros.
Quando as luzes apagaram, ela ficou vidrada na tela, tudo era espetacular.
Comia a pipoca sem tirar os olhos do filme.
Ela chorou com a história que retrata o espírito do Natal.
 
Ao sair, perguntei: e aí Ines, como foi esta nova experiência na sua vida?
- Foi muito lindo. É bem diferente do que ver na TV. O som faz a gente parecer que estava lá no lugar do filme. A tela grande faz o filme parecer o mundo de verdade.
Só teve um problema. Qual?, perguntei.
A pipoca era muita, sobrou metade do saco e eu vou guardar para comer mais tarde.
 
Ao deixarmos ela no ponto de ônibus para ir à casa da filha, ela agradeceu e disse que foi o melhor presente de Natal que ela já ganhou em toda a vida.
 
Aprendemos que às vezes a gente não deve imaginar o que dar de Natal. Tem tantas coisas simples que podem significar muito mais para quem a gente gosta.
Vamos dar outro presente sim, mas este foi muito legal para ela e todos nós, e garanto que qualquer outro parecerá pouco.
 
Seja Feliz! Ajude outros a Ser felizes!
 
Abraços,
 
Marcos Aranha Ü

Publicado às 19h04.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Obrigado por tudo

Olá Amigos do Bem!
 
Esta é a última sexta feira útil do ano 2004. Ah...the end...
Como hoje o tráfego aumenta com a presença daqueles que só visitam o blog uma vez por semana, gostaria de aproveitar este post para agradecer aos mais de 20 mil leitores que participam deste espaço virtual e contar um pouco desta jornada.
 
Minha mulher (que teve muita tolerância), meus filhos e vocês, Amigos do Bem, foram os grandes incentivadores para que eu pudesse superar as dificuldade iniciais, que não foram poucas. 
Gostaria de dizer-lhes que todos foram a chave para a realização desta empreitada.
 
Vamos lá, vou compartilhar este aprendizado que resultou na criação de centenas de textos, milhares de linhas, dezenas de imagens, centenas de comentários, milhares de e-mails, muita gente beneficiada e dois prêmios do UOL.
Faço isto com o objetivo de motivá-los a participarem mais ativamente com textos próprios neste espaço em 2005, ou mesmo criarem o seus próprios blogs.
 
Começo confessando que às vezes foi realmente difícil honrar o compromisso de publicar diariamente uma idéia, uma frase, história, um exercício ou um texto novo.
Quem notou as altas horas que publiquei alguns posts poderá entender algumas das razões.
 
Antes mesmo de começar a escrever diariamente, planejei e fiquei um pouco estressado.
Afinal parecia difícil ter que dedicar mais de 250 dias do ano para manter este espaço vivo, tendo vontade ou não de criar.
Por baixo, eu calculava que deveria investir mais de 1200 horas de minha vida para ter sucesso.
Quando me perguntava onde iria encontrar tempo para isto na minha agenda, pensava em nem começar.
 
Tentei racionalizar que o exercício de fazer o blog iria colaborar para aumentar minha paciência, persistência, disciplina, sem falar na criatividade e melhora da qualidade na comunicação.
Mas o frio na barriga teimava em dar o ar da graça quando voltava a pensar no assunto tempo e competência para fazê-lo.
 
Me questionei se poderia criar textos que convidassem outros a ler, gostar, retornar e participar ativamente do blog. Tive que ficar mais ligado no coletivo, me abrir, oque colaborou para desenvolver meu altruísmo.
 
A decisão que facilitou tudo foi o sonho de um dia ver um espaço aberto às diferenças de pensamentos, com reflexões diversas, onde cada ponto de vista deixasse de ser uma verdade e passasse a ser uma contribuição para o crescimento mútuo - o lugar dos Amigos do Bem! Um refúgio no meio desta loucura que nos cerca.
De blog da OW4Y, passou a ser chamado blog do Bem! e depois evoluiu para A Casa do Bem, que já abriga muita gente querida debaixo de um mesmo teto.
 
Apesar desta motivação interior, olhar para a tela em branco, sem nenhuma idéia na cabeça, é uma experiência sempre nova e desafiadora.
Antes de publicar o primeiro post, tentei "treinar" um pouco.
Sentava na frente do computador e às vezes, pela manhã, as idéias não vinham. Tentava a tarde, e nada. Mas à noite, vinha, passava e dava tchauzinho.
Mas aprendi a não desistir, continuar na frente do computador e observar a idéia fazendo um retorno e voltando toda sedutora.
 
Era fim de fevereiro, hora de começar a publicar os primeiros textos.
A partir deste dia, o grande motivador sempre foi interagir com vocês. 
As perguntas desde aquela época: quantos leram o blog? Quantos deixaram um comentário? continuam sendo feitas diariamente.
 
No primeiro dia já tive o prazer de ler dois comentários de gentis leitores: a Cris e o Rogério de Andrade [RGMedico.com.br] , fiquei alegre, motivado e toquei o barco em frente sem saber claramente o destino.
 
O estresse desapareceu quando comecei a receber textos, idéias e ajuda dos leitores, pois aliviou o peso de criar textos em dias onde o meu astral estava meio baixo.
 
Quero que saibam que esta troca de idéias, pensamentos, reflexões, ajudou muito a desenvolver o meu Ser e aclarar meu estar.
Minha consciência da responsabilidade da palavra correta aumentou muito.
Como antes da palavra vem o pensamento correto, este espaço foi importante para mudar o meu pensar, e este o meu sentir, e por fim o meu agir.
 
Valeu cada minuto que dediquei a este nosso espaço.
Muito obrigado a TODOS! Sem vocês eu não estaria aqui escrevendo este post de hoje.
 
Bom fim de semana!
 
Seja Feliz! Hoje e sempre!
 
Abraços, Marcos Aranha Ü
 
p.s.- fiquem ligados pois na segunda vou publicar todos os pedidos para 2005. Se você ainda não mandou seus pedidos para o ano novo, mande para linhadireta@casadobem.com.br .

Publicado às 23h32.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


A TV de ontem, o mundo de hoje

Olá Amigos do Bem!
 
Nasci em 1960. Cresci vendo seriados e desenhos que, apesar de terem sido criados com foco em entretenimento, passavam uma mensagem futurista.
 
Os Jetsons. Acho que 40 anos depois, estamos começando a ver a camera de pulso que o Leroy usava. Mas ainda não temos o telefone.
Discos voadores, nem pensar. Os carros ainda poluem e a cada dia significam menos a liberdade de ir e vir, pois neste trânsito, o prazer diminui a cada dia.
Devemos evoluir muito tecnologicamente para encontrarmos aquela realidade voadora criada há tanto tempo atrás.
 
E O túnel do tempo. Lembram?
Outro dia num jantar aqui em casa a Maura confessou que tinha medo deste seriado quando era menina. Disse que tinha pesadelos quando assistia. Acordava num lugar que não sabia onde era e apavorava.
 
Eu já digo o contrário. Adorava O túnel do tempo. Os livros chatos de história tomavam vida. Eu gostava de reconhecer o tempo e o lugar que os dois heróis tinham ido, antes deles descobrirem.
Era uma espécie de jogo, reconhecer a história dos livros na "vida real" (minha amiga Patrícia deve estar arrepiada com esta expressão).
Quantos anos ainda vamos necessitar para podermos transitar no tempo e no espaço? Quanto tempo vamos esperar para entrar e sair fisicamente em outras dimensões?
Tivemos que esperar séculos para voar numa idéia de Da Vinci e décadas nas de Júlio Verne. Vamos chegar lá. Poderemos voltar no tempo e mudar nossos karmas, se já não é isto que estamos fazendo agora inconscientemente.
 
Mas voltando aos seriados, tinha um seriado que eu tinha aflição de ver pela feiúra dos personagens, os Thunderbirds. Lembrou? Não!
Eram sete bonecos, tipo de ventríloquo, com cara de plástico, que só moviam os olhos e a boca, e tinham uma expressão horrível.
 
Era uma versão "pobre" do atual Guerra nas estrelas. Os tais bonecos eram "donos do espaço" e viajavam para lugares distantes numa alusão à corrida espacial, e como sempre, defendiam o mundo do mal.
 
O capitão, que se parecia com o ex-presidente Menen da Argentina, vivia com vontade de transar com a sua primeira-oficial, muito sexy, medidas de Barbie.
Ela estava sempre dando em cima dele, mas o boneco tinha conflitos entre pemanecer no papel de líder, ou satisfazer seus desejos mais "carnais" (é, boneco de pano é o ego do dono).
O máximo que vi entre os dois, foi um beijo na boca, sem língua, claro.
Mas o capitão era sério demais para deixar sua missão de salvar o planeta de ataques alienígenas para namorar(você já notou que para alguns americanos os EUA são o mundo? Até o campeonato local se chama "World championship") .
 
Os Thunderbirds eram uma propaganda discarada norteamericana durante a guerra fria. Passadas quatro décadas, os modelos norteamericanos continuam os mesmos. O cinema neurótico de "rolúdi" vive de criar filmes que geram o medo e o pânico coletivos, a serem sempre eliminados por um herói bonzinho, americano obviamente, que destrói as forças do mal.
 
O incrível é ver como este seriado influenciou toda uma geração que hoje está no "puderr" agindo com o mundo como se todos fossemos bonecos de ventríloquos.
Devemos cuidar do que nossos filhos vêm, ou ajudá-los a refletir sobre o que vêm, senão eles poderão acabar como certos presidentes e ministros que acreditam estar dirigindo um filme com roteiro medíocre.
 
Faça dos filmes um meio de reflexão ativa, não só um fim de entretenimento passivo.
 
Seja Feliz! Todos nós merecemos!
 
Abraços, Marcos Aranha Ü
 
p.s.- para quem quiser conhecer ou relembrar os Thunderbirds, já está disponível em DVD.

Publicado às 00h26.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Não busque. Encontre!

Olá Amigos do Bem!

Deixo uma frase para começar bem a quarta feira.

"A vida pode te surpreender em tudo que faz e onde não imagina encontrar a felicidade."

Guerrini - Calabrese "L'Abitudine"
Seja Feliz! Encontre a felicidade naquilo que você já faz!
 
Abraços, Marcos Aranha ü

Publicado às 00h04.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Lei do Tempo

Olá Amigos do Bem!

Olha que interessante a biografia de um personagem histórico. Adivinhe quem foi ele.
 
Nasceu prematuramente na Inglaterra.
 
Não foi aprovado para Harrow. Depois, por duas vezes, não obteve admissão em Sandhurst.
Quando conseguiu, fracassou ao tentar ingressar no pretigiado regimento de Infantaria, e foi relegado à Cavalaria.
Conseguiu a muito custo obter a sua patente e depois disto não conquistou outras promoções.
Na Africa do Sul foi capturado pelos bôeres e preso e humilhado num campo de concentração.
 
Foi tentar a sorte no governo. Perdeu as eleições que participou.
Depois no Almirantado foi responsável pelas desastrosas expedições a dardanelos e a Galípoli.
 
Como ministro da Fazenda, foi importante para a Inglaterra voltar ao padrão ouro, o que levou a economia a uma deflação, ao desemprego, à greve dos mineiros e até uma greve geral em 1926.
 
Em 1939 foi responsável pela perda da Noruega para os alemães.
 
Quando foi eleito primeiro-ministro em 1940 (agora ficou fácil advinhar) tinha mais de 60 anos e era considerado um perdedor brilhante.
E continuou perdendo...
 
Seu primeiro ato oficial foi presidir a questão do desastre que surpreendeu a Força Expedicionária inglesa na Bélgica, forçando-a a abandonar todo o seu equipamento e fugir para se salvar, indo para Dunquerque.
Este episódio foi acompanhado de oito meses de derrotas na África, Europa e Extremo Oriente.
Porisso, ele suspendeu as eleições para garantir sua permanência no cargo de primeiro-ministro.
 
E aí, tente se colocar nos sapatos deste perdedor. Tudo, até então, deu errado na vida profissional dele.
Pergunta: você teria tanta persistência e coragem para permanecer à frente de tanto azar?
 
Mas a sorte virou. Como ele próprio disse: "a Batalha de Alamein marcou verdadeiramente o desvio do eixo do destino." Antes dela nunca tivemos uma vitória. Depois dela, nenhuma derrota.
 
E a sorte continuou. Ele ficou rico, ganhou um Nobel, foi uma celebridade literária e membro da Ordem da Jarreteira.
 
O nome dele? Winston Churchill.
 
Os estudiosos do fenômeno dizem que poderíamos chamar isto de primeira Lei do Tempo, formulada há muitos anos atrás em três palavras: Sucesso produz Sucesso.
Ter talento não basta. A pessoa tem que saber esperar o momentum correto no caminho, e deixar que ele o leve de um sucesso ao outro.
 
Que a sorte e a boa fortuna cruze nossos caminhos neste momentum, e que a jornada de sucessos permaneça em nossas vidas!
 
Seja Feliz! Todos os Seres merecem ser felizes!
 
Abraços, Marcos Aranha ü

Publicado às 00h49.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


A escola da vida

Olá Amigos do Bem!

Hoje dedico o blog a minha querida filha Anna que completou o ensino médio e ao meu querido filho Pedro, que passou direto indo para o último ano do ensino fundamental.
 
Meus queridos, obrigado por serem como são. Não gostaria que fossem de nenhum outro jeito (talvez menos baladeiros). Acompanho-os estudando com muita responsabilidade, notas ótimas, e principalmente cultivando um grande número de amigos.
 
Deixo aqui um pouco da minha história escolar, para que saibam que cada etapa tem que ser vivida como ela se apresenta.
 
No meu tempo chamavam o ensino médio de ginásio. E no meu caso, foram alguns dos melhores anos de minha vida. Muito estudo, mas também muita diversão e esportes.
Estudei no colégio vocacional Liceu Eduardo Prado, onde hoje fica o Pueri Domus e um conjunto de prédios na rua Tabapuã.
 
Lá, aprendíamos as matérias obrigatórias pela manhã e à tarde fazíamos cursos e esportes diversos para descobrir qual era nossa vocação. Era tão bom, que até hoje gosto de tudo que aprendi nas oficinas e acompanho os esportes que competi.
 
Era muito legal. Artes plásticas - desenho, pintura, escultura; teatro, música, escrita; eletrônica (fiz uma rádio FM, consertei televisões, fiz uma célula fotoelétrica para acender as lâmpadas da casa, um robô, e muitas outras coisas); mecânica (me lembro de desmontrar e montar um motor de fusca e moto 750cc); marcenaria (que até hoje é um dos meus hobbies); funilaria (trabalhar metais, soldar, etc); fotografia; laboratório de química e biologia; inglês (o CEL LEP era parte da escola) e muitas outras atividades que nos ajudavam a encontrar e desenvolver habilidades.
 
Muitos "professores Pardais" surgiram naquela época. A feira de ciências era sensacional pois os alunos competiam saudavelmente para apresentar suas criatividades e invenções. Uma delícia.
 
Hoje guardo no meu coração aqueles dias. Tenho grande dificuldade para guardar nomes, mas lembro-me de alguns professores - Rui de matemática, Cirene de português, Cortês de educação física, talvez por eles terem tido muita dedicação e respeito comigo.
 
Filhos, no ensino médio formei meu caráter e descobri muitas coisas que gostava.
No científico/colegial, hoje fundamental, fiz minhas escolhas do que não queria para minha vida - amizades, vícios, religião, matérias, etc- mas confesso que cheguei ao vestibular sem saber exatamente o que queria para meu futuro. Era assutador ter que tomar uma decisão que iria me acompanhar por toda a minha vida.
 
Hoje sei que não importa não saber aos 17 anos o que quer fazer na vida, pois ela é cheia de oportunidades e somos eternos aprendizes. Jamais paramos de estudar. Jamais, vocês são testemunhas disto.
 
Filha, agora você está chegando a uma nova etapa onde terá um grande volume de informações para aprender e menos cobrança por parte da escola. Você terá de ter maturidade e responsabilidade maiores ainda, além de lembrar sempre que tudo deve ser feito com alegria e descontração. Você deverá encontrar Fun & Relax pois a ordem desta etapa será Run & Maximize.
 
Filho, você vai enfrentar o vestibular, esta estranha maneira de seleção. Este ano você foi bem na prova, mas nesta reta final terá que ter uma pata no presente para aprender as matérias que estão ensinando, outra no passado para recordar o que aprendeu no 1o e 2o anos, e mais uma pata no futuro, para estudar os simulados do vestibular. Ainda bem que aranha tem oito patas, e as outras cinco vai poder usar para curtir a vida.
 
Meus queridos, agradeço-os por tudo. É muito gostoso trocar experiências de vida com vocês e espero que 2005 traga muitas alegrias aos dois, na escola e fora dela. Lembrem-se que tudo deve ter um só fim: Ser feliz!
 
Sejam Felizes. Até os piores alunos e os analfabetos merecem ser felizes!
 
Abraços, Marcos Aranha ü
 
p.s. - encontrei estas fotos da minha formatura do ginásio - 1974 e da faculdade - 1982. Divirtam-se.

Publicado às 01h43.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004