blog do Bem!


Um futuro para meu filho

Olá Amigos do Bem!
 
E aí, como foi esta semana? Garanto que foi muito melhor do que a do José Dirceu e do Roberto Jefferson.
Êta semaninha politicamente agitada sô!
Para Tanta confusão política, sempre haverá uma solução velha.
Mudar-se-a o sabor, mas a pizza será o prato do dia.
Mudemos de assunto, falemos de coisas boas.
 
Há 17 anos atrás, numa noite fria, minha ex-mulher entrava na Maternidade do Hospital 9 de Julho.
Depois de longas horas de espera no quarto, o médico, e tio dela, me avisou para eu me trocar pois iríamos subir para a sala de parto.
 
Eu estava apreensivo pois havíamos perdido nosso primeiro filho num parto no Einstein e desconhecia o hospital que estávamos. Sentia muita paz e confiança no médico, o coração estava acelerado e logo fui me preparar para o "gran finale" da gravidez e nascimento do bebê.
 
Fui para o vestiário do centro cirúrgico, me troquei, preparei a camera de vídeo.
Não sabíamos o sexo do bebê pois não quisemos saber nos diversos ultra-sons feitos.
Eu pensava que era uma menina.
Me lembro de ligar a camera no vestiário e me filmar no espelho.
Fiz uma oração e disse: "Vamos lá filhona, vamos nascer agora."
 
Me dirigi ao centro cirúrgico, tudo estava preparado e o trabalho de parto já estava bem encaminhado.
A medida que as contrações vinham, o médico pedia para ela fazer mais esforço.
De repente, depois de um grande esforço e muita dor, vi a cabeça sair.
Ajeita daqui, ajeita dali, e o médico puxa o bebê para fora.
 
Comecei a chorar. Uma vida que até então eu não podia ver, estava ali, diante de mim.
"É um menino, é o Pedrinho!", exclamou o tio médico.
Errei o sexo mas naquele momento nada disto importa, é um Ser, frágil, e já muito amado.
 
É um momento raro. Terminam as espectativas da gravidez, inicia-se as de uma nova vida.
Minha perspectiva do mundo mudou naquele instante. Como uma mágica.
Meu compromisso com a vida seria além dos meus desejos e necessidades a partir daquele segundo.
 
Jamais tive a competência de encontrar uma palavra para traduzir a emoção de se ver um filho nascer.
Do ponto de vista masculino, é o primeiro contato com um Ser que a mulher já conhecia por nove meses.
 
Cuidar daquele bebê era sempre um momento único, uma oportunidade de reencontrar-nos, de vivenciar a plenitude de Deus. Esta sensação permanece até os dias de hoje.
 
Me lembro que já nos primeiros dias de pai novo sonhava com um bom futuro para ele.
O que será do mundo quando ele crescer? O que ele será nesta vida? Eram as perguntas que me pegava fazendo às vezes.
 
Hoje, aquele futuro já chegou, ele cresceu, mas estranhamente, continuo fazendo as mesmas perguntas.
Será amor de pai, ou neurose?
 
Sonho vê-lo feliz, consciente do seu Ser, livre para pensar, sentir, agir, amando-se e a todos.
Se realizando no que escolher fazer na vida.
Vivendo num planeta melhor, com valores mais altruístas, sem esta enorme desigualdade social e espiritual.
Vê-lo curtindo um Brasil menos provinciano, mais honesto, mais educado.
Que tenha plenitude na sua Essência e na sua Existência. Que Seja feliz e esteja feliz!
Mas tudo isto é o que eu sonho para o futuro dele e talvez nada disto importe neste momento para ele.
O importante são os sonhos dele, e eu sempre o respeitarei e apoiarei. 
 
Feliz Aniversário Filhão!
Muita saúde para você realizar todos os seus sonhos no futuro que sempre começa no agora e aqui.
 
Filho, nestes 17 anos você trouxe muitas oportunidades para eu me rever como Ser, e te agradeço por todas elas, sem julgamentos.
 
Seja Feliz! Todos os Seres, aniversariantes hoje ou não, merecem ser felizes.
 
Bom fim de semana,
 
Abraços, by Marcos Souza Aranha
 
p.s.- Querida Filha, se ler este blog, não sinta ciúmes. Tudo que escrevi que sonho para ele vale também para você. Amo os dois igualmente. Vocês são os melhores presentes que já recebi nesta vida.

Publicado às 23h08.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


A difícil arte de trabalhar com o governo

Olá Amigos do Bem!

Recebi um e-mail de um publicitário reclamando do post de ontem.
 
Hoje publico na íntegra uma matéria que saiu no Meio & Mensagem online sobre a agência de publicidade que mais cresceu no país.
Este é só um exemplo de como uma desconhecida agência de publicidade pode se tornar uma grande agência de faturamento, de uma hora para a outra, quando passa a ter contas do governo.
 
Não acuso ninguém de nada, mas coincidência ou não, esta agência tem como sócio o publicitário que o deputado Roberto Jefferson disse que participa do esquema do mensalão.
 
Cabe agora a eles provarem que são honestos, não a nós.
Amigo publicitário que me escreveu (espero que não um ex-amigo agora): as coisas são como são, não como gostaríamos que fossem.
 
Seja Feliz! Todos os Seres, com contas públicas ou não, merecem ser felizes.
 
Abraços, by Marcos Souza Aranha
 

DNA nega acusações sobre 'mensalão'

Cilene Inpelizieri, de Belo Horizonte

[15/06 - 18:38] DNA é a agência que mais cresceu no mercado em 2004, de acordo com o especial Agências & Anunciantes, do Meio & Mensagem

A agência mineira DNA realizou nesta quarta-feira, dia 15, uma coletiva de imprensa em Belo Horizonte, onde negou a participação no esquema de propina, conhecido como "mensalão". O nome da agência foi ligado às denúncias através do depoimento do presidente do PTB, Roberto Jefferson, nesta terça-feira, dia 14, em Brasília.

 

Na denúncia, Jefferson acusou Marcos Valério Fernandes de Souza, sócio na DNA com 50%, de envolvimento no escândalo. Segundo os outros dois sócios da agência, Francisco Marques Castilho Santos, com 10% na sociedade; e Margareth Maria de Queiroz Freitas, com 40% na sociedade, Valério já não assina pela empresa há algum tempo. Apesar de sócio, ele teria emitido uma procuração em seu nome para os outros dois sócios. A decisão, segundo eles, teria sido feita pelo fato de Valério se ausentar do dia-a-dia da agência na maior parte do tempo.

 

Segundo Castilho e Margareth, a DNA possui contas do governo conquistadas antes da entrada de Marcos Valério na sociedade, em 1998. Na ocasião Valério adquiriu as ações de Clesio Andrade, atual vice-governador de Minas Gerais, que, por sua vez, as adquiriu em 1997 e as vendeu no ano seguinte. Entre as contas estão o Banco do Brasil (desde 1994), Eletronorte (desde 1998) e Ministério do Trabalho (desde 1996). De acordo com os sócios não há envolvimento em propinas, pois as concorrências teriam sido vencidas através de critérios técnicos.

 

"A DNA tem 25 contas. As contas do governo somam 39% do faturamento", disse Margareth. Segundo eles, a sociedade com Valério não prejudicou o dia-a-dia da agência em nenhum momento. A DNA é a agência que mais cresceu no mercado em 2004, de acordo com o especial Agências & Anunciantes, do Meio & Mensagem. O faturamento foi de R$ 30 milhões. Marcos Valério também é acionista da agência SMP&B, mencionada no esquema do "mensalão", segundo entrevista dada à Istoé Dinheiro por Fernanda Karina Ramos Somaggio, secretária de Valério entre abril de 2003 e janeiro de 2004.


Publicado às 08h03.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Será que ele fará história?

Olá Amigos do Bem!

Ontem acompanhei o show de horror na Comissão de Ética da Câmara.
 
Fiquei muito impressionado com a retórica deste advogado criminalista, até o momento deputado federal, sr. Roberto Jefferson.
Cada gesto, cada palavra, era estudada para criar a percepção pública de que ele é um homem honesto, de palavra, digno do povo brasileiro, sempre de uma forma que não pudesse incriminá-lo.
 
O talento teatral e controle emocional dele foi surpreendente.
Olha, não é fácil ser chamado de tudo que os deputados o chamaram e permanecer sereno.
Será que fazem exame anti-doping em deputados? Será que ele não tinha tomado muito calmante para encenar?
Não saberemos, mas me impressionou e muito sua atuação teatral.
 
Assisti tentando observar o lado comportamental do show.
De um lado estava em jogo a reputação institucional da Câmara, de outro o corporativismo partidário, de outro o papel individual dos deputados e por último a pessoa física atrás deste papel.
 
O sr. Roberto Jefferson soube lidar muito bem com cada um destes players e quase conseguiu criar o mito do Herói, ao passar de acusado para salvador da instituição democrática.
Ficaram claros os alvos dele, ficaram claros os motivadores para ele agir assim, ficaram claros os resultados que ele quer disto tudo.
 
Ontem foi aniversário do deputado, dia importante para rever sua vida e escolher um caminho novo.
Não resisti e fiquei imaginando como Santa Digna estaria se sentindo neste dia enquanto o deputado Roberto Jefferson estava tendo um suposto ataque de honestidade e dignidade.
 
Agora o foco deverá ser a  secretária do publicitário mencionado. Ela sabe muitas coisas que são verdade. 
O Collor foi dedurado por sua secretária que provou as movimentações bancárias.
Será que a história se repetirá? Não acredito em repetição, ela é assim. 
 
Algumas pessoas são tão egocêntricas, tão egoístas e onipotentes que pensam que estão por cima de tudo e todos. Talvez este ex-patrão se lembrará de que uma secretária não é uma barata, mas um Ser humano, assim como o Collor aprendeu que não era Deus.
 
Infelizmente, o mercado publicitário sabe como são "loteadas" as contas do governo.
Como as licitações são conduzidas e como são os relacionamentos destas agências com o governo.
Basta ver a qualidade das campanhas do Governo que estão no ar e ficará fácil entender que os compromissos não são só com a melhor comunicação.
 
Para a tristeza de muitos publicitários honestos, nada se comenta para não prejudicar a imagem do mercado e arrumar problemas com o governo.
Os meios de comunicação também se calam. Afinal, eles recebem 100% do valor de tabela quando o cliente é o governo. Quando o cliente é da iniciativa privada, tem que dar desconto.
 
Espero que algum publicitário pegue esta bandeira agora e lembre-se do momentum de mudar a história para que seus filhos vivam num país mais digno.
Seria muita hipocrisia dos marketeiros e publicitários quererem dar uma de corporativista e dar as costas ao país.
 
É hora de se fazer história, de limpar o passado. O primeiro ato deste espetáculo foi encenado pelo sr. Roberto Jefferson. Seus interesses não são altruístas nem patrióticos.
Mas espero que os demais envolvidos sejam abençoados por Santa Digna e, num surto de dignidade, altruísmo e patriotismo, derrubem todas as peças deste enorme labirinto de dominós.
 
O Ministro da Justiça apresentou dados assustadores onde o montante da lavagem de dinheiro da corrupção pública já ultrapassou o do narcotráfico neste amado país.
Espero em Deus, que os políticos e empresários corporativistas esqueçam um pouco de si e pensem na incrível oportunidade que está diante deles para abrir espaço para um país melhor.
Quem sacar o momento e conjectura, fará história!
 
Santa Digna, olhai por todos eles! Mostrai o caminho da dignidade!
 
Seja Feliz! O Brasil também merece ser Feliz!
 
Abraço, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 09h39.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


4 questões importantes

Olá Amigos do Bem!
 
Me perguntaram quais são as questões que deveríamos nos fazer para ter uma vida melhor.
 
Deixo algo para reflexão:
 
Quem é a pessoa que mais te ama?
Quem é a pessoa que pode te fazer feliz?
Quem é a pessoa que pode transformar a sua vida?
O que você está esperando para começar?
 
Seja Feliz! Só você pode fazer isto por você.
 
Boa terça feira! Abraços, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 08h40.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


A mulher chorona

Olá Amigos do Bem!
 
Como foi de fim de semana? Comemorou o Dia dos Namorados?
Espero que tenha podido curtir muito.
 
Você conhece esta historinha que Buda contava para explicar o que é a Mente liberta?
 
A Mulher Chorona
 
Uma velha senhora era conhecida na sua cidade por "a mulher chorona", pois chorava muito, o tempo todo.
Ela chorava em dias chuvosos e em dias ensolarados.
 
Certo dia Buda se aproximou e perguntou: Senhora, por que chora o tempo todo?
 
- Porque tenho duas filhas. Uma se casou com um vendedor de guarda chuvas e a outra com um vendedor de sapatos.
Quando o tempo está bom, penso na minha filha, como as vendas de guarda chuvas devem estar ruins e choro.
Quando chove, penso na minha outra filha, como as pessoas deixarão de comprar sapatos e choro.
 
Buda então falou: Minha cara senhora, em dias ensolarados deves pensar como as vendas de sapatos estão boas; em dias chuvosos deves pensar como as de guarda chuvas estão boas.
 
Tens razão!, exclamou a senhora.
 
Daquele dia em diante, a mulher parou de chorar. Em vez disso, ria todos os dias, qualquer que fosse o tempo.
 
Nenhuma situação é boa ou ruim. A forma que você a encara reflete sua Mente e sua liberdade.
 
Seja Feliz! Todos os Seres, que choram ou riem, merecem ser felizes.
 
Boa semana!
 
Abraços, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 03h36.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004