blog do Bem!


Agradeça, e muito!

Olá Amigos do Bem!

Hoje o blog não tem texto, apenas duas imagens para que todos que aqui vierem possam enviar esta página para aquelas pessoas que olham apenas para o que lhes falta na vida, sem a capacidade de olharem o quanto já têm o seu "copo cheio", e agradecerem muito pela vida maravilhosa que levam.

Seja Feliz! Bom sábado! Abraço, by Marcos Souza Aranha

 foto de Mike Wells ganhadora do World Press

 foto de Finbarr O'Reilly ganhadora do World Press


Publicado às 07h55.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Como transformar o complexo em simples

Olá Amigos do Bem!
 
Depois da meditação eu estava refletindo cá comigo: a vida é complexamente simples, muito simples.
 
Tudo que eu noto que é simples, passou por um processo altamente complexo.
Quando digo um processo complexo, quero dizer um processo vivencial individual e coletivo muito complexo.
 
Ser simplista é fácil. Ser simples, é complexo pois é preciso ter vivenciado a complexidade, seja em uma fração de segundo, seja em muitas e muitas horas de vida.
 
Ontem estava estudando um pouco sobre a cultura chinesa pois iremos oferecer um curso para adultos sobre este tema lá no Colégio Sidarta.
A riqueza da cultura, a sua simplicidade é tão sensacional que pude entender o motivo de ter atravessado séculos.
Quem criou determinadas coisas há milhares de anos havia chegado num estágio de sabedoria que permitiu viver a complexidade sistêmica da Natureza e traduzí-la numa idéia simples para a Humanidade.
 
Hoje em dia, no rítmo que vivemos, ainda estamos engatinhando no processo vivencial individual que nos permite abstrair e acessar níveis de consciência superiores, para podermos traduzir a complexidade em algo simples.
O rítmo enlouquecido que pulsa no planeta nos contamina diariamente e devemos sempre nos cuidar para mantermos a integridade individual.
 
Tem uma pergunta mágica que sempre me ajuda a criar novas idéias simples e à resolução de problemas complexos: "o que sim?"
 
Esta pergunta é baseada num longo processo individual de vida, baseado no princípio de que tudo na Natureza é uno, tudo é sim.
Nós, bichos que estamos humanos, negamos esta unidade e tentamos tornar tudo dualidade.
Mas evitarei falar mais aqui, pois o importante é compartilhar o resultado prático disto.
 
Lanço um desafio a você: viver apenas o dia de hoje sem falar NÃO, e perguntando-se "o que sim?" a cada vez que a resposta seja um "não".
 
Um exemplo bobo para ilustrar.
Você quer um suco de laranja?
Se a resposta for não, observe o caminho do pensar e tente seguir o monólogo interno, que poderia ser algo assim: ok, já sei que "não" quero suco de laranja, então o que sim? eu quero algo?
 
Deixe a sua sabedoria interior responder.
Se a resposta seguir sendo "não", insista com a pergunta "o que sim?" até que chegue ao sim repetidamente.
 
No exemplo: se você estiver satisfeito, hidratado, simplesmente agradeça a oferta do suco e informe a pessoa de como você está se sentindo, para que ela deixe de insistir com outros líquidos.
Se chegou a um sim e quiser outra coisa, agradeça o suco e peça aquilo que quiser: "se for possível, eu prefiro suco de cupuaçu fresco do norte do Pará da região noroeste" (brincadeira).
 
Parece até idiota o que estou escrevendo aqui, e provavelmente é, mas se você aceitar o desafio e vivenciar esta experiência, notará, conscientemente, que para chegar a uma resposta simples, terá passado por um longo e complexo monólogo interno.
Conhecer os caminhos e a complexidade deste monólogo, é conhecer o próprio modelo mental. Conhecê-lo é ter a oportunidade de se libertar daquilo que, sem consciência, se cai na rotina mental e consequentemente, na ação diária.
 
Parece simples, e é. Só vivendo a experiência para entender.
Os benefícios serão muitos, mas te convido a descobrí-los através da experiência.
 
Tente, tente e tente. Erre, erre e erre, até conseguir quebrar o condicionamento criado pelas armadilhas da mente. Se gostar dos resultados, continue usando no dia-a-dia. Compartilhe conosco esta experiência pois o coletivo é sempre melhor quando somamos experiências individuais.
 
Seja Feliz! Todos os seres merecem ser felizes.
 
Abraço, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 06h22.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Olá Amigos do Bem!

Hoje deixo um artigo que está publicado na sessão Bem estar da revista da Corpore ( http://www.incorporese.com.br/ ).

Seja Feliz! Abraços, by Marcos Souza Aranha

 Revista Incorpore-se! Edição 6

InCorporeSe

A primeira edição do ano de 2006 da Revista Incorpore-se! já está no ar.
Nela você vai ler:

- Os efeitos da radiação solar;
- Saber mais sobre direitos do consumidor;
- Tudo sobre a Maratona e a Cidade de Praga;
- Ping-Pong com Ana Hickmann;
- Conheça os objetivos das pessoas para o ano de 2006, diga quais são os seus e concorra a camisetas Running Team Corpore, inscrições na prova de abertura e associações Corpore.

Clique aqui, leia, reflita, informe-se e incorpore-se!


Publicado às 06h59.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


O Desaparecido

Olá Amigos do Bem!

Hoje publico um texto de Rubem Braga que foi o escolhido pela Regiane Bochichi para compartilhar com os amigos durante a comemoração dos seus 40 anos.

O Desaparecido 

Tarde fria, e então eu me sinto um daqueles velhos poetas de antigamente que sentiam frio na alma quando a tarde estava fria, e então eu sinto uma saudade muito grande, uma saudade de noiva, e penso em ti devagar, bem devagar, com um bem-querer tão certo e limpo, tão fundo e bom que parece que estou te embalando dentro de mim.

Ah, que vontade de escrever bobagens bem meigas, bobagens para todo mundo me achar ridícula e talvez alguém pensar que na verdade estou aproveitando uma crônica muito antiga num dia sem assunto, uma crônica de moça; e, entretanto, eu hoje não me sinto moça, apenas um menina, com o amor teimoso de um menina, o amor burro e comprido de um menina lírica. Olho-me no espelho e percebo que estou envelhecendo rápida e definitivamente; com esses cabelos brancos parece que não vou morrer, apenas minha imagem vai-se apagando, vou ficando menos nítida, estou parecendo um desses clichês sempre feitos com fotografias antigas que os jornais publicam de uma desaparecida que a família procura em vão.

Sim, eu sou uma desaparecida cuja esmaecida, inútil foto se publica num canto de uma página interior de jornal, eu sou a irreconhecível, irrecuperável desaparecida que não aparecerá mais nunca, mas só tu sabes que em alguma distante esquina de uma não lembrada cidade estará de pé uma mulher perplexo, pensando em ti, pensando teimosamente, docemente em ti, meu amor.

Seja Feliz! Todos os Seres merecem ser felizes.

Abraços, by Marcos Souza Aranha


Publicado às 11h33.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Olá Amigos do Bem!

Aqueles que me conhecem pessoalmente, e também aqueles que lêem o blog a mais tempo, sabem que quando eu acordo digo: "hoje é um lindo dia para morrer. Viverei!".

Aprendi isto com os índios da amazônia, pois tendo esta consciência de que a passagem poderá ocorrer a qualquer momento, passamos a ter a responsabilidade pelo aqui e agora, e não pelo fictício "a vida inteira pela frente".

Assim, vivemos o dia intensamente, resolvendo o que é possível resolver, dando 100% do que temos para dar, e preparando a obra para que tenha continuidade, mesmo que não estejamos por aqui amanhã. É uma maneira realista de encarar a vida como algo que não é fruto apenas de nosso desejo, mas de algo além de nossas limitadas maneiras de pensar e desejar.

Mas, apesar de sabermos que "basta estar vivo para morrer", quando a morte ocorre por perto, ela nos faz refletir sobre a vida e o sentido que estamos dando à ela.

No dia 24 de janeiro estivemos num jantar de um querido casal comemorando os 40 anos da Tina. Ontem, eu estava dirigindo na estrada, a caminho do trabalho, quando minha mulher telefonou para contar que ficara sabendo da morte do Tales, e que estava indo até o velório e o crematório.

Eu tinha um compromisso com dezenas, ou até mesmo centena de pessoas, que estavam esperando me ver dando o exemplo de alegria, felicidade, otimismo com o trabalho que estamos fazendo no colégio. Respirei fundo, sorri e me entreguei ao presente, vivendo-o intensamente, e deixando minha mente ocupada com o aqui e agora.

Não pude ir me despedir do amigo, porém do momento que tive a notícia até agora, posso dizer que ele está mais vivo em minha mente como jamais esteve.

A impressão que tenho é que cada palavra, cada gesto, cada encontro, ganhou vida na minha mente. Não como memórias, mas como um relato de nossas trocas de vida. Os "imprints" ganharam vida e movimento. Aquilo que parecia papo jogado fora, começa a fazer sentindo dentro deste contexto atual, onde o diálogo passado virou apenas um monólogo em minha cabeça.

Porisso creio na sabedoria dos índios pois quando resolvemos tudo no dia, nada temos que deixar para depois. Assim, meu monólogo é de paz, de amor e agradecimento aos bons momentos que tivemos juntos.

Ao Tales Alvarenga deixo aqui registrado meu respeito de amigo, de leitor de Veja e meu desejo que ele esteja feliz, onde ele estiver, pois como ateu que era, certamente está num lugar que eu tenho dificuldade de imaginar. À Tina e os filhos nós oferecemos todo o nosso apoio e carinho para atravessarem estes momentos difíceis.

A todos os Amigos do Bem, deixo minha certeza de que os índios estão certos, aqui e agora é a vida, o resto são desejos de como ela deveria ser ou ter sido. Sonhos são importantes para viver, desde que eles não sejam apenas a expressão dos nossos desejos passados.

Sejam Felizes! Todos os Seres merecem ser felizes.

Abraços, by Marcos Souza Aranha


Publicado às 11h32.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004