blog do Bem!


Olá Amigos do Bem!

Comecei o dia relendo o último post que escrevi.
Pude perceber o quanto estava triste de ver Seres que estão no papel de líderes agirem de maneira tão mesquinha.
Que fenômeno é este que está ocorrendo na America Latina que o povo está permitindo ser levado, não liderado, por pessoas tão competentes em agir em causa própria, e tão incompetentes em Servir ao próximo?
Será que erramos tanto no passado que agora as Intituições já perderam a credibilidade?
Será uma crise passageira, ou realmente os radicais da esquerda conseguiram desestruturar os Poderes públicos a ponto de instalar regimes autoritários como o de Cuba, Venezuela e pelo que tudo indica, Bolívia?
Onde estão os partidos de centro-esquerda? Onde estão os de direita? E os liberais?
 
Sinto que existe tanto medo e culpa dos demais partidos, com suas mãos sujas pelo passado, que temem por suas condutas e não agem evitando que suas reputações piorem ainda mais. Esta inércia e o foco no medo os estão paralisando.
Nisto o Lula, ou o mentor do PT, tem sabedoria, pois apoia-se na frase de Jesus "que atire a primeira pedra aquele que não pecou".
Todos pecamos, TODOS, e não há que ter vergonha ou medo disto quando se escolhe mudar e agir de forma diferente. Mas parece que isto está sendo esquecido pelas Instituições, que estão prisioneiras de seus pecados passados, e não libertos por suas boas idéias futuras.
 
Quando eu era pequeno, uns sete ou oito anos, minha mãe ficou muito doente, foi internada e teve de sofrer um séria operação. Como todo Ser em formação, eu acreditava que o mundo girava ao meu redor, e tudo o que eu fazia, sentia e pensava tinha consequências nas coisas e pessoas.
Me lembro que algum tempinho antes desta doença, eu havia feito a 1a comunhão, e as palavras do padre ainda estavam frescas na minha cabeça: "não cometas nenhum pecado". Eu tinha um grande medo de pecar e ter de encarar um confessionário, pois até aquele momento todos os padres que havia conhecido me davam medo.
Porém, com a doença da minha mãe eu me sentia triste, culpado e pensava que tinha participação nela, pois no passado tinha sido muito levado e a entristecido.
 
Ao sairmos do hospital, pedi para meu pai me levar até uma igreja, e paramos na do Largo de Moema.
Rezei e fui me confessar para "livrar-me de meus pecados mortais".
Quando o padre me perguntou qual era o meu pecado eu disse que ainda não sabia se tinha pecado, mas que iria contar uma história e ele então me falaria se era, ou não, pecado.
Contei que tinha sentido raiva de minha mãe por ela ter me obrigado a comer verduras, que eu tinha cuspido tudo nela, a xingado, e ela tinha ficado tão triste que eu achava que por isso estava doente.
Volte umas linhas acima e leia a idade que eu tinha e se pergunte: o que será que este padre falou para o Marcos?
 
Pois é, ele me condenou, não tenho outra palavra, a rezar 60 pais nossos e 30 aves marias por ter feito este mau contra a vida de minha mãe, disse que se eu rezasse com amor e ela ficaria boa.
Me lembro que sai do confessionário chorando, meu pai me perguntou o que tinha acontecido e eu disse que não podia contar, mas tinha de ficar rezando para pagar meus pecados e a mamãe ficar boa.
 
Fomos para casa, dormi triste, esperançoso, e no dia seguinte meu pai me acordou para falar ao telefone com minha mãe que passava bem da operação.
Ela tinha uma voz cansada, mas disse que estava bem e que me amava muito.
Por anos e anos de minha vida eu acreditei que tinha superpoderes, para o mal e para o bem, para matar e curar.
Jurei jamais pecar, jamais fazer os outros sofrerem, jamais fazer o mal a alguém. Sofri anos culpando-me por meus pensamentos e sentimentos pecaminosos, "não tão nobres".
 
Hoje, depois de muitas horas de terapia e meditação, dou risadas de aquelas besteiras que pensei, e agradeço aquele padre por ter me dado a oportunidade de aprender com a ação dele. 
Ninguém neste mundo tem o direito de condenar uma criança a sofrer, nem barganhar uma idéia por uma penitência em nome de Deus, principalmente sendo um representante do filho dele, que ensinou a amarmos incondicionalmente ao próximo.
Aprendi que devemos perdoar a nós mesmos, antes de poder ter a ousadia de pensar em perdoar a alguém. Hoje opto por praticar os ensinamentos e não repetir palavras santas sem vivênciá-las através do amor.
Aprendi que ninguém pode ter a onipotência, onipresença e onisciência de pensar que pode errar tanto e acertar tanto.
 
Mas quando vejo estes atuais presidentes do planeta, penso que eles, espiritualmente falando, ainda acreditam que têm os superpoderes de uma criança, com uma só diferença: crêem que só fazem o bem. O mal, é apenas um problema daqueles que não os compreendem.
 
Hoje é o Vesak, o dia que Buda nasceu, numa lua cheia de maio. Desejo que a sabedoria, paciência, amor e compaixão que ele praticou neste planeta inunde a todos nós, e que despertemos para um novo nível de consciência pessoal e planetária.
 
Seja Feliz! Todos os Seres merecem ser felizes.
 
Abraços, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 10h12.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Ah que saudades!

Olá Amigos do Bem!
 
A frase do dia: "Ah que saudades dos tempos que o único erro do Lula era o de português!", me tocou.
 
Não sei como vocês estão sentindo-se, mas eu estou cada dia mais envergonhado com este presidente que diz me representar.
 
Hitler aprendeu que a repetição de uma mentira contada consistentemente, com um alta freqüência, tornava-a uma verdade. Assim ele conquistou as mentes mais incríveis da Alemanha para trabalharem por sua causa, uma mentira tão bem contada, que muitos acreditaram piamente.
 
Vejo nosso presidente repetindo, consistentemente, que não sabe de nada que ocorre sob sua vista, cada vez com uma maior freqüência, e já começo a escutar pessoas inteligentes dizerem que ele deve estar realmente limpo, pois ninguém conseguiu provar o contrário.
 
Um presidente inculto, mas muito esperto, eu sempre soube que tínhamos, mas uma imprensa cada dia mais burra, está sendo uma decepção.
Ah, como a imprensa está ridícula! Que papel idiota ela está se prestando neste momento...
Se eu tivesse diploma de jornalismo, já o teria usado para acender a lareira nestas noites frias de outono.
 
Onde já se viu uma imprensa que é manipulada o tempo todo pelos políticos, discaradamente, pois eles sabem bem que ela não tem mais dinheiro e talentos para fazer o verdadeiro jornalismo investigativo.
Assim, soltam notícias sem no mínimo checar a credibilidade da fonte e/ou informação. O que importa é a guerra de marketing de quem é mais rápido para soltar um "furo" jornalístico.
 
Vi como uma facção do PT usou a imprensa para manipular os resultados de sua eleição interna na semana passada. 
Dias antes da eleição, Marta Suplicy estava na ponta pelas pesquisas internas, Mercadante perdendo.
Lula que não é bobo para nada, queria Mercadante, pois ele arranharia menos sua imagem, e traria mais votos de "intelectuais" paulistas.
Imagino o que ele deve ter feito, sabendo da vaidade da imprensa, sedenta por furos.
Ele deve ter negociado com o Silvio Pereira para inventar uma história sem pé nem cabeça para imprensa, que publicou o "furo". Como qualquer idiota sabe, há conexão entre Silvio e o grupo do ex-comandante do PT que apoia a Marta.
Conclusão: a eleição interna virou a favor do Mercadante. O candidato de Lula venceu.
O que aconteceu três dias depois?
Silvio foi à CPI e desdisse tudo que havia afirmado à imprensa, livrou a cara de Lula em cadeia nacional, e discaradamente afirmou que não sabia o que a imprensa havia escrito.
E Lula continua dizendo que não sabe de nada.
 
É isto aí, o Lula finge que governa, nós fingimos que somos governados, Lula garante seu futuro, nós garantimos o nosso, Lula finge que não é candidato, nós fingimos que ele é só presidente.
 
Agora, que o índio boliviano está com todo o gás, ninguém pode negar.
Hoje, depois do que ele falou sobre o Lula e seus auxiliares, e Chaves declarou sobre o Brasil, se o Lula ainda achar que tem amigos e está sendo um bom negociador, vai perder a oportunidade de ganhar mais uns pontinhos para as próximas eleições e evidenciar que além de inculto, é pouco esperto.
 
Pois é, eu tinha jurado que não iria falar de política no blog, rompi hoje minha promessa, pois acredito que meu limite foi ultrapassado.
Mil perdões, mas quero trabalhar em paz, quero ajudar a construir um futuro melhor para minha família, minha cidade, meu país, meu planeta.
Estes seres egóicos e egoístas são cânceres em nossas vidas e devemos encontrar uma cura para este tipo de gente que se serve do bem público, em nome de causas que já abandonaram há muitos anos atrás.
 
Oremos para que uma energia positiva vibre tão forte sobre eles, que seus DNAs entrem em ressonância e suas pontes se fragmentem formando uma nova mentalidade nesta gente política.
 
Eu agora vou dormir mais tranquilo depois de registrar meu pensar.
 
Seja Feliz!
 
Abraço, by Marcos Souza Aranha

Publicado às 23h31.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Timing correto

Olá Amigos do Bem!
 
Uma das coisas mais dificeis de se fazer na vida é acertar o timing de parar algo que não está dando resultados.
 
A esperança de que tudo poderá ser diferente com o tempo, pode nos levar a acreditar que o tempo trará melhores resultados. Isto é muito bom, mas às vezes temos de lembrar que também pode custar muito caro.
 
Timing correto é aquele que leva em consideração o fôlego dos recursos: gente + material + financeiro.
Se esquecer das competências das pessoas que farão as coisas acontecerem, o timing estará errado.
Se planejar mal os recursos materiais necessários, o timing também estará errado.
Se faltar recursos financeiros, tudo estará fadado a dar errado.
 
Timing é mais que intuição. Timing é o tempo preciso da visão correta dos resultados futuros na ação do aqui e agora.
 
Tenho certeza de três coisas: nasci, morrerei, farei escolhas todos os segundos de minha vida enquanto respirar.
Acertar o timing das escolhas é uma arte, praticada com conhecimento e muita sabedoria.
 
Espero que o timing das decisões atuais esteja certo para que todos possam viver novas realidades.
 
Seja Feliz! Só isto importa no fim do dia.
 
Abraços, by Marcos Souza Aranha
 
p.s.- dica para o sábado:
 
A Sueli Pecci Passerini, contadora de histórias, autora do livro O Fio de Ariadne, estará dando o curso "Contação de histórias", das 9h00 às 16h00. Espero que goste dela como eu gostei.
Mais informações sobre o curso, clique no link abaixo:
 

Publicado às 22h04.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]


Olá Amigos do Bem!
 
O livro "A viagem de Heitor" do autor e psiquiatra francês François Lelord, fala sobre temas como alma masculina, amor, felicidade...
 
Abaixo deixo algumas lições tiradas das vivências de Heitor:
 
  • um jeito de desperdiçar a felicidade é viver fazendo comparações;
  • um grande erro de algumas pessoas é adiar ser feliz, adiando a felicidade para mais tarde;
  • outro erro é acreditar que a felicidade é uma meta;
  • felicidade é um conjunto de muitas coisas, tais como: - sentir-se útil aos outros; estar com quem ama; oferecer o que pode para a família; ter um emprego que se gosta; passear, dar uma boa caminhada; se sentir completamente vivo.

Agora, você precisa ler um livro para chegar a esta conclusão?

Acredito que o mercado de livros de auto-ajuda está chegando a um ponto onde sobram receitas de sucesso e falta essência de vida, onde errar é parte do aprendizado, onde estar triste faz parte de algum momento da vida.

Sei lá, quem quiser que compre, eu pouparei esta grana. A única coisa de interessante que li no resumo da editora foi que o autor era fã do Tin-Tin, e a idéia do livro surgiu de uma história daquele personagem francês.

Seja Feliz! Todos os Seres, leitores, ou não, de livros de auto-ajuda, merecem ser felizes.

Abraços, by Marcos Souza Aranha


Publicado às 16h04.
Antes de agir, pergunte-se: estou consciente das consequencias e responsabilidades do meu ato?




[[ Clique aqui e indique para um amigo. ]]

 
Previsão do dia



Linha Direta do Bem.

Clique aqui para nos escrever, mandar textos, sugestões, dicas do Bem, e elogios.

Outros sites
 Desenvolvimento Negócios & RH
 OW4Y Consulting
 ONG- SIDARTA -Educação
 ONG - Instituto Vladimir Herzog
 ONG- Corpore
 ONG Lua Nova
 ONG- Projeto Mutação
 ONG- Viva e Deixe Viver
 ONG - ADD - Assoc.Desportiva de Deficientes -
 ONG- Constelação
 ONG Casa do Sol
 ONG Teu sonho- meu sonho
 UOL
 Lembranças do capitão




Votação
Vote! Clique aqui e dê uma nota de 0 a 10 para o blog do Bem.


Histórico
11/08/2013 a 17/08/2013
04/08/2013 a 10/08/2013
10/02/2013 a 16/02/2013
12/08/2012 a 18/08/2012
05/08/2012 a 11/08/2012
03/06/2012 a 09/06/2012
22/04/2012 a 28/04/2012
11/03/2012 a 17/03/2012
17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
31/12/2006 a 06/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
09/05/2004 a 15/05/2004
02/05/2004 a 08/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
18/04/2004 a 24/04/2004
11/04/2004 a 17/04/2004
04/04/2004 a 10/04/2004
28/03/2004 a 03/04/2004
21/03/2004 a 27/03/2004
14/03/2004 a 20/03/2004
07/03/2004 a 13/03/2004
29/02/2004 a 06/03/2004
22/02/2004 a 28/02/2004
15/02/2004 a 21/02/2004